Unidade do Burguer King em Sâo Paulo (Foto: EDISON TEMOTEO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)
Com 12 anos de operação no país e mais de 500 lojas, o Burger King aposta agora no modelo de franqueados individuais para crescer no Brasil. A marca anunciou a abertura de um programa de subfranquias para empresários e empreendedores interessados em abrir uma loja da rede de fast-food.
Atualmente, todas as lojas em funcionamento no Brasil são próprias da master franqueada BK Brasil Operação e Assessoria ou está nas mãos de grupos empresariais.

A rede informou ter mapeado cerca de 200 cidades com potencial para receber uma franquia da rede e abriu um cadastro para interessados. O investimento inicial estimado, varia entre R$ 1,1 milhões até R$ 3,5 milhões, dependendo do modelo e tamanho do restaurante, e do ponto comercial.

A marca abriu seu primeiro restaurante no Brasil em novembro de 2004. No ano passado, foram abertos no país 98 restaurantes próprios e 16 franqueados, alcançando um total de 534 lojas, sendo 700 unidades entre restaurantes e quiosques.

Questionada pelo G1 sobre a meta de expansão para 2016 e próximos anos, a rede não comentou.ConcorrênciaO maior rival McDonald´s possui 883 restaurantes no Brasil, sendo 31% da base de franqueados.

Já a Subway possui 2.096 lojas, todas operadas por franqueados.

O Burger King do Brasil é controlado pela gestora de recursos Vinci Partners, do banqueiro carioca Gilberto Sayão, em parceria com o Burger King Corp – matriz americana comprada em setembro de 2010 pelo fundo 3G Capital, dos investidores Jorge Paulo Lemann (o brasileiro mais rico do mundo), Carlos Alberto Sicupira e Marcel Telles. Desde 2014, a operação passou a ter a Temasek Holding como acionista minoritária.

A operação brasileira do Burger King fechou 2015 com receita líquida de R$ 935 milhões, uma alta de 43,6% com relação ao ano de 2014.
A marca, fundada em 1954 nos EUA, é a segunda maior rede de hambúrgueres fast food do mundo e reúne mais de 15 mil restaurantes em 100 países.

Veja que cuidados tomar ao escolher uma franquia
.

Fonte: G1