Campanha ‘Móveis Eficientes’ pretende conscientizar empresas e funcionários sobre a capacidade das pessoas com deficiência física no trabalho (Foto: Divulgação)
Para promover a inclusão das pessoas com deficiência física no ambiente de trabalho, a campanha “Móveis Eficientes” traz próteses implantadas em móveis para mostrar que a deficiência não interfere o desempenho de suas atividades.
Cadeiras, bancos e mesas tiveram uma das pernas retiradas para dar lugar a uma prótese. Assim, a campanha pretende conscientizar as empresas e os funcionários de que os profissionais com deficiências contribuem de uma forma efetiva no ambiente do trabalho, e que a prótese não compromete a competência e a habilidade.

A campanha “Móveis Eficientes” foi criada pela Y&R para o Instituto de Tecnologia Social – ITS BRASIL, que difunde o chamado “Emprego Apoiado”.
Para Suely Ferreira, gerente executiva do ITS Brasil, os processos para a seleção de pessoas com deficiência não são adequados e quando esses profissionais são contratados nem sempre são vistos como competentes e capazes de realizar um trabalho de forma eficaz.

“A metodologia do Emprego Apoiado é uma inovação que acredita nas potencialidades da pessoa com deficiência e não nas suas possíveis limitações”, diz.
Segundo com Rui Branquinho, VP de criação da Y&R, a intenção é provocar uma reflexão sobre o fato de que a deficiência não impede o profissional de ser tão bom colaborador quanto qualquer outro.

A iniciativa também conta com o apoio da Oppa e do designer e marceneiro Rodrigo Silveira, parceiros da ONG que assinam os móveis que estão expostos, desde a segunda quinzena de abril, nas lojas da Oppa no Brasil.Próteses entraram no lugar das pernas dos móveis para falar sobre a inclusão dos profissionais com deficiência no trabalho (Foto: Divulgação)Campanha da ITS Brasil foi criada pela Y&R (Foto: Divulgação)
.

Fonte: G1