Uma campanha da Aspirina, medicamento da Bayer, está causando polêmica na internet por comparar a divulgação de vídeos íntimos com uma dor de cabeça.
A peça, composta por três anúncios ganhou um leão de bronze na categoria Outdoor, nesta edição do Festival de Publicidade de Cannes. A campanha foi veiculada no país em mídia impressa e posters.

Em uma das imagens, o anúncio diz: ” Não se preocupe, amor. Não estou filmando isso.

mov”. Apesar do aviso, a inscrição “.

mov” indica um formato de arquivo de vídeo. A campanha é criticada por supostamente tratar a filmagem não consensual e a divulgação de vídeos íntimos como uma “simples” dor de cabeça.

 
A agência de publicidade AlmapBBDO, responsável pela campanha, soltou uma nota lamentando a polêmica.
“Com relação à discussão envolvendo o anúncio de Aspirina, a AlmapBBDO esclarece que não houve a intenção de tratar com indiferença abusos de qualquer natureza.

Mas entendemos que pode ter havido interpretações diferentes da mensagem que a peça queria passar. A AlmapBBDO repudia a prática de filmagem não consensual e qualquer espécie de violência ou invasão de privacidade.

Ficaremos atentos para evitar o problema no futuro”, publicou a agência.
Muitos comentários na página da AlmapBBDO acusam a agência de machismo e pedem para que ela devolva o prêmio.

Campanha da Aspirina premiada em Cannes gera protestos de internautas (Foto: Divulgação)Peça publicitária criada pela AlmapBBDO comparou gravação de sexo com dor de cabeça. (Foto: Divulgação)Campanha da Aspirina ganhou Leão de bronze no festival de publicidade de Cannes (Foto: Divulgação)
.

Fonte: G1