Em abril, a confiança do consumidor atingiu o menor nível da série histórica da Fundação Getulio Vargas (FGV). O índice recuou 2,7 pontos frente a março, passando de 67,1 para 64,4 pontos.Confiança do consumidor atinge nova mínima histórica.

(Foto: reprodução/TV Integração)
“Os consumidores brasileiros registram em abril de 2016 o menor nível histórico de confiança, sob influência da extrema insatisfação com o momento presente e do pessimismo em relação à situação financeira das famílias. O resultado decorre de um cenário econômico e político que parece difícil de ser resolvido rapidamente.

“ afirmou Viviane Seda Bittencourt, Coordenadora da Sondagem do Consumidor, em nota.
O indicador registrou piora nas avaliações dos consumidores sobre a situação atual e sobre expectativas em relação aos meses seguintes.

O Índice da Situação Atual (ISA), por exemplo, caiu 1,6 ponto, atingindo 64,7 pontos, novo mínimo histórico. Com relação às perspectivas futuras, o Índice de Expectativas (IE) recuou 3,2 pontos, atingindo 65,8 pontos.

Na análise por classes de renda, houve perda de confiança em todos os níveis em abril. A piora expressiva ocorreu entre os consumidores com renda superior a R$9.

600, cuja confiança caiu 4,7 pontos.
.

Fonte: G1