A dívida das empresas brasileiras de capital aberto subiu 31% em 2015 na comparação com 2014. Segundo levantamento da provedora de informações financeiras Economatica, a dívida bruta total de 257 empresas não financeiras listadas na bolsa fecham o ano passado em R$ 1,4 trilhões ante a R$ 1,07 trilhões em 2014. Em 2010 a dívida da amostra era de R$ 562,7 bilhões.

A Petrobras é a empresa mais endividada do país, com um estoque de dívida de R$ 492,8 bilhões no final de 2015, o que corresponde a uma alta de 40,4% com relação ao ano de 2014 (R$ 351 bilhões).
Na sequência, estão Vale, com dívida de R$ 112,67 bilhões, JBS com R$ 65,88 bilhoes, Oi com R$ 59,85 bilhões e Eletrobras com R$ 48,21 bilhões.

Na análise por setor, somente as empresas de construção e de locadoras de imóveis registraram queda de dívida no ano de 2015, com recuo de 12,4% e 3,8%, respectivamente.
O caixa das 257 empresas da amostra no ano de 2015 totalizou R$ 376,6 bilhões, crescimento de 26,5% com relação ao ano de 2014, segundo a Economatica.

No ano de 2010 o caixa das empresas era de R$ 228,5 bilhões.
A Petrobras tem o maior caixa da amostra com R$ 100,8 bilhões, crescimento de 46,2% na comparação com 2014.

Lista das 20 empresas brasileiras com maior estoque de dívida bruta (Foto: Reprodução/Economatica)
.

Fonte: G1