O volume de dividendos e Juros sobre Capital Próprio (JCP) distribuídos pelas empresas brasileiras de capital aberto em 2015 foi 28,9% menor ao de 2014, segundo levantamento da provedora de informações financeiras Economatica.
Dividendos correspondem à parcela dos lucros da companhia que é distribuída entre os acionistas.
Segundo o estudo, 233 empresas desembolsaram aos acionistas R$ 63 bilhões no ano passado, contra R$ 88,6 bilhões em 2014.

Sem considerar a Petrobras, que não distribuiu dividendos em 2015, a que é um pouco menor, de 21,1%.
Para a amostra foram consideradas somente empresas que têm dados disponíveis de 2008 até 2015.

A Ambev liderou a lista das empresas que mais distribuíram dividendos e JCP, com R$ 11,49 bilhões – valor equivalente ao distribuído por 23 bancos de capital aberto. Na sequência, aparecem Itaú Unibanco, com R$ 7 bilhões, Vale com R$ 5 bilhões, Bradesco com R$ 4,87 bilhões e Santander com R$ 3,99 bilhões.

SetoresO setor bancário com 23 instituições registrou o maior volume de dividendos e JCP distribuídos em 2015, com R$ 11,6 bilhões. O valor, entretanto, caiu 35,7% com relação ao ano de 2014.

Em sete dos oito anos analisados o setor bancário foi o que teve o melhor desempenho entre todos os demais setores, somente em 2009 o setor de petróleo e gás liderou a lista.
.

Fonte: G1