A internet é a principal ferramenta para quem procura emprego, dizem especialistas  (Foto: CHAD SPRINGER / IMAGE SOURCE)
Buscar emprego requer estratégia. Saber claramente em quais empresas precisam de suas competências é um excelente começo. Porém, as maneiras para entrar em contato com essas empresas são várias.

Veja abaixo uma lista de opções para quem está procurando emprego. Para elaborar a lista, o G1 ouviu Cristina Fortes, consultora da LHH, Viviane Candido, especialista de RH da VAGAS.

com, e Anna Melo, gerente da Randstad Professionals no Rio de Janeiro.
Muitas empresas disponibilizam em seus sites um espaço para o cadastro de currículos, e ainda divulgam na mesma página as vagas que estão disponíveis.

 
“No geral, a gente vive na era da tecnologia. Mas não está descartado sair e entregar o currículo impresso, especialmente para candidatos a posições mais operacionais.

Mas, mesmo nesses casos, tem as agências que recebem o currículo impresso e ajudam a cadastrar na internet”, diz Viviane Candido.“Quando a vaga é operacional, com uma remuneração de até R$ 2,5 mil, por exemplo, pode ser indicado o currículo físico.

A pessoa pode ir até a empresa, que vai divulgar a vaga em algum canal como anúncio de jornal.”“O currículo impresso deve ser utilizado com moderação.

Pode até levar para a entrevista e entregar somente se solicitado ou após uma conversa junto a contatos para ajudá-los a entender melhor sua trajetória profissional”, acrescenta Cristina Fortes.
“Atualmente as empresas, para buscar os profissionais, recorrem a várias fontes de recrutamento, como as empresas especializadas de seleção.

É importante cadastrar o currículo no banco de dados dessas empresas e, para isso, é importante ter uma lista dos principais prestadores de serviço para o nível que está buscando”, indica Cristina Fortes.
“Atualmente, as mídias sociais mostram-se boas alternativas, uma vez que as empresas divulgam suas oportunidades diretamente nesses sites, como o LinkedIn.

  É importante deixar seu perfil visível para que os recrutadores possam entrar em contato diretamente”, lembra Cristina Fortes.Há ainda empresas que divulgam vagas por outras redes sociais, em seus perfis no Facebook ou no Twitter.

“Hoje existem aplicativos mobile para visualizar as vagas e encaminhar o currículo. Mas só faça isso se você já separou um momento para rever o currículo com calma e tem certeza de que está pronto para ser encaminhado a qualquer momento”, aponta Viviane Candido.

“A efetividade de um reposicionamento profissional envolve principalmente suas iniciativas na direção de estabelecer novos vínculos, conduzir boas conversas e influenciar seus interlocutores a apresentá-los a pessoas que trabalhem em suas empresas de interesse”, aconselha Cristina Fortes.
.

Fonte: G1