À espera da chegada dos representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para protocolar um novo pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, grupos contrários e favoráveis ao afastamento da petista bateram boca e causaram confusão no movimentado Salão Verde da Câmara dos Deputados, nesta segunda-feira (28).De frente uns para os outros, os grupos trocaram ofensas com gritos de “golpistas” e “Fora, PT”. A primeira manifestação do dia aconteceu no acesso entre o Anexo 2 da Casa, principal prédio do Congresso Nacional.

Nela, deputados e senadores se revezaram em discursos contrários ao impedimento de Dilma.No final da tarde, parlamentares de oposição também se reuniram no Salão Verde para rebater a manifestação dos militantes de esquerda, que acusavam a OAB de apoiar a ditadura, enquanto seus detratores gritavam “Lula é ladrão”.

A confusão paralisou totalmente os trabalhos da Câmara. A expectativa da OAB era protocolar o pedido na seção de protocolos da Casa para evitar encontro com o presidente Eduardo Cunha.

UltimoSegundo
.

Fonte: Gazeta de Uberlândia