O Banco Central dos Estados Unidos (Federal Reserve) decidiu manter nesta quarta-feira (27) as taxas de juros do país entre 0,25% e 0,5%. É a terceira vez que o órgão não altera os juros desde dezembro passado, quando fez a primeira elevação após quase uma década.
Os membros do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) apontaram em sua última reunião que as condições no mercado de trabalho melhoraram em meio a uma desaceleração da atividade econômica.

“O Comitê atualmente espera que, com ajustes graduais na política monetária, a atividade econômica vai se expandir a um ritmo moderado e os indicadores do mercado de trabalho vão continuar a se fortalecer”, diz o órgão.Juros perto de zero desde 2008A taxa básica de juros dos EUA (equivalente à Selic brasileira), era mantida até dezembro no piso histórico desde o final de 2008, quando foi reduzida para dar fôlego à economia norte-americana durante a crise financeira internacional.

Recentemente, o Fed adotou a estratégia de avaliar, de reunião em reunião, o momento da primeira alta de juros em quase uma década, baseando-se apenas no fluxo de indicadores econômicos para nortear a decisão.
.

Fonte: G1