A gasolina ficou mais barata no início de abril e influenciou a desaceleração da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S), que passou de 0,5% no final de março para 0,48% na primeira prévia do mês seguinte.
Das oito classes de despesa que compõem o cálculo do índice, cinco registraram taxas de variação menores, com destaque para o grupo transportes (de 0,43% para 0,29%), segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).
Nesta classe de despesa, cabe mencionar o comportamento do item gasolina, cuja taxa passou de 0,07% para -0,33%.

.

Fonte: G1