Participante da Marcha da Maconha em Berlim, capital alemã, no dia 13 de agosto de 2016 (Foto: Britta Pedersen/dpa/AP)
O estado norte-americano do Oregon arrecadou US$ 25,5 milhões em impostos pelo consumo de maconha recreativa no acumulado do ano até julho, segundo o governo estadual. Estabelecimentos que vendem maconha medicinal começaram a cobrar uma taxa de 25% pelas vendas de maconha recreativa em janeiro deste ano.
O departamento de orçamento do Oregon diz que os postos de distribuição de maconha foram obrigados a declarar até 1º de agosto a arrecadação com o produto no segundo trimestre.

A maconha recreativa é ilegal em 46 estados norte-americanos e na legislação federal.
A maconha recreativa foi legalizada no estado do Oregon no fim de 2014, mas ela só pode ser vendida em postos médicos de maconha medicial até que a Comissão de Controle de Licores do oregon finalize as regras para essa nova indústria.

Isso deve ocorrer até o ano que vem.
A estimativa de receita pela venda do produto até junho de 2017 quadruplicou, segundo o governo do estado.

O montante esperado na arrecadação subiu de US$ 8,4 milhões para US$ 35 milhões.
.

Fonte: G1