O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), conhecido como a inflação do aluguel porque é usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários, iniciou o mês de maio em alta, segundo aponta a Fundação Getulio Vargas (FGV). No ano, o IGP-M acumula alta de 3,92% e, em 12 meses, de 10,84%.
O indicador ficou em 0,59% na primeira prévia, acima da variação de 0,31% registrada no mesmo período do mês passado.

Usado no cálculo do IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que avalia os preços no atacado, registrou variação de 0,65% contra 0,36% na mesma apuração do mês anterior.
O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que calcula os preços no varejo e faz parte do IGP-M, acelerou a alta de 0,27% para 0,58%.

Cinco das oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo em suas taxas de variação, com destaque para o grupo saúde e cuidados pessoais (de 0,50% para 3,14%).
.

Fonte: G1