A maior processadora de carne bovina do mundo JBS anunciou nesta quarta-feira (10) que teve um lucro líquido de R$ 1,5 bilhão no segundo trimestre, um expressivo aumento de 1817% (19 vezes mais) em relação ao mesmo período de 2015. O resultado representa um lucro por ação de R$ 0,55.
A empresa teve uma receita líquida de R$ 43,7 bilhões, um aumento de 12,3% em relação ao mesmo trimestre de 2015, e um resultado estável em relação ao primeiro trimestre.

O Ebitda foi de R$ 2,9 bilhões, resultado 19,1% menor comparado ao ano passado, com uma margem de 6,6%. Em comparação ao primeiro trimestre, o Ebitda expandiu 35,3%.

A dívida líquida da empresa passou de R$ 48,7 bilhões no primeiro trimestre para R$ 49,2 bilhões no segundo. No final do período, 91,4% da dívida consolidada da companhia era denominada em dólares americanos com um custo médio de 5,14% ao ano.

O percentual da dívida em reais, 8,6% da dívida total, apresentou um custo médio de 14,54% ao ano.Trimestre anteriorNo primeiro trimestre, a JBS teve prejuízo líquido de R$ 2,741 bilhões devido a perdas com proteção cambial, ante lucro de R$ 1,394 bilhão no mesmo período do ano passado, informou a empresa.

A JBS encerrou o primeiro trimestre com uma dívida líquida de R$ 48,74 bilhões.Unidade da JBS em Confresa (MT) (Foto: Assessoria/TRT-MT) 
.

Fonte: G1