A Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (Senacon) lançou na manhã desta terça-feira (12) o Portal de Defesa do Consumidor em parceria com a Universidade de Brasília (UnB). O site reúne informações para os consumidores e também para técnicos do Procon e advogados que atuam na área.
“O primeiro público é consumidor, cidadão em geral, que poderá obter orientação sobre seus direitos, como exercê-los, assim como quem são as autoridades que cuidam desse tema.

Por outro lado, sempre tivemos grande preocupação de aprimorar profissionais que atuam na defesa do consumidor”, disse a secretária nacional do consumidor, Juliana Pereira, sobre o público que o portal pretende atender.FormaçãoJuliana disse que o portal também vai oferecer curso de formação e qualificação para profissionais que atuam na área de defesa do consumidor, em parceria com a UnB.

A intenção, segundo ela, é fortalecer o serviço de atendimento no Procon, órgão que recebe diariamente milhares de queixas de consumidores.
“A nossa escola nacional de defesa do consumidor passa a ter a certificação da Universidade de Brasília, nós estamos construindo uma matriz curricular para que a escola nacional, que é uma escola pública, possa capacitar os profissionais e prepará-los para melhor atender o consumidor no Brasil”, disse a secretária nacional.

O ministro da justiça, Eugênio Aragão, acompanhou a apresentação e, em seu discurso, falou da importância da interação com a sociedade. “Esse tema que trata do consumidor é um tema central de interação com a sociedade civil e com outros órgãos do estado, como o Ministério Público Federal e também com a academia.

Temos realmente feito um grande esforço nesse governo para articular ideias, conceitos novos e marcos com todos esses atores”.
.

Fonte: G1