A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo fechou julho com alta de 0,35%, após avanço de 0,65% no mês anterior, com alta menor nos preços dos alimentos e habitação e queda em vestuário, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nesta quinta-feira (4).Preços de alimentos subiram menos em São Paulo, no mês de julho. (Foto: Reprodução/TV Rio Sul)
Apesar da desaceleração para uma alta de 0,78%, ante 1,17 % em junho, a maior pressão no mês foi do grupo alimentação, com 0,1916 ponto percentual.

O grupo habitação também mostrou forte desacleração em julho, subindo 0,2% após a alta de 0,8% no mês anterior.
Já o grupo vestuário caiu 0,98% no mês passado, após subir 0,32% em junho, e foi o único a ficar em campo negativo.

Apenas os grupos saúde e educação aceleraram as altas em julho em relação a junho.
O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos.

.

Fonte: G1