A Fundação dos Economiários Federais (Funcef), fundo de pensão dos funcionários da Caixa Econômica Federal, anunciou que seu atual presidente, Carlos Caser, deixará o cargo. Em comunicado à imprensa, a fundação informou que a mudança ocorre em razão da CPI dos Fundos de Pensão, que investiga o uso dos recursos pelo governo.
“Nos últimos meses, deu-se um processo de transição necessário, em razão da CPI dos Fundos de Pensão, para que todas as informações fossem devidamente prestadas”, diz nota divulgada na última sexta (1º).

Segundo a Funcef, Carlos Caser está há cinco anos no comando do fundação e trabalha na Caixa há 32 anos. A decisão da Caixa de substituí-lo foi tomada ainda em 2015, segundo a Funcef, após dele de aderir ao Plano de Apoio à Aposentadoria (PAA) da instituição.

Ainda conforme a assessoria, a própria Caixa indicará um substituto, a ser confirmada por  decisão do conselho da Funcef.
O fundo da Caixa é o terceiro maior do Brasil, com um patrimônio de mais de R$ 56 bilhões e cerca de 137 mil participantes.

.

Fonte: G1