Situações de emergência serão atendidas nos postos do Sine desde que a pessoa apresente uma declaração da empresa que deseja contratá-la (Foto: Cristiane Caoli / G1)
Um problema no Sistema de Atendimento Agendado (SAA) do Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS) atrasou a emissão de carteira de trabalho (CTPS) em quase um mês no Rio de Janeiro. De acordo com o Superintendente Regional do Trabalho e Emprego, Robson Leite, a questão — que atingiu o país todo — começou no dia 6 de março e foi resolvida na sexta-feira (1º).
“Tivemos um problema no link nacional que afetou diretamente a emissão de carteira de trabalho no início de março.

Afetou nacionalmente, praticamente parou”, disse.
O superintendente explicou que o sistema de agendamento abre novas datas de 15 em 15 dias, e que as pessoas que tentaram emitir a carteira nos postos em março foram reagendadas por causa do problema.

“Por isso, o mês de março não podia agendar, estava sendo ocupado por esse processo de reagendamento”.Normalização em até 14 diasNo Rio de Janeiro, expectativa é que SAA seja normalizado em até 14 dias corridos, segundo o superintendente.

Como o atendimento pelo 158 também utiliza o agendamento do mesmo sistema, ele também foi afetado.
“A gente reagendou as pessoas que não estavam conseguindo.

Há um gargalo de mais de mil carteiras. A demanda reprimida no sistema começou na sexta-feira à tarde a ser tratada.

Minha expectativa é de até no máximo 10 a 14 dias esteja normalizado no ponto de vista do acesso”.
Deise Carneiro é uma das pessoas que não conseguiu agendamento através do 158 e do Sistema de Atendimento Agendado do MTPS.

Em contato com o G1, ela contou que tentou agendamento nos postos do Sine e Poupa Tempo no Cantagalo, São Gonçalo, na Zona Oeste, entre outros. Ela tenta agendar a emissão de carteira para o filho de 20 anos, que é estudante de direito.

“A gente entra no site ou entra em contato através do número 158 para fazer o agendamento.Todos os dias a qualquer horário informa que as datas estão esgotadas ou indisponíveis para qualquer lugar do Rio de Janeiro”, relatou.

O G1 também tentou, em diferentes datas, agendar em diversos postos, como o Poupa Tempo da Central do Brasil, Sine Copacabana, Tijuca, Niterói, entre outros, e não havia datas disponíveis. O G1 também tentou agendar através do 158 e foi informado da liberação de datas de 15 em 15 dias, e que não havia datas disponíveis no dia do contato.

Situações de emergênciaO superintendente explicou, contudo, que situações de emergência serão atendidas nos postos do Sine e MTPS, desde que a pessoa leve uma declaração da empresa que deseja contratá-la informando a necessidade da carteira em caráter de urgência.“Quem precisa hoje pode ir até o RH da empresa pedir uma declaração pedindo a carteira, faz a declaração de posse e pode ir numa agência Sine [Sistema Nacional de Trabalho e Renda/Setrab que ela vai ser atendida prioritariamente”, explicou.

Mudança em fevereiroA partir do dia 1° de fevereiro, 13 postos do Sine passaram a atender pelo Sistema de Atendimento Agendado (SAA), do Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS) com agendamento pela internet através do site http://saa.mte.

gov.br/.

As unidades funcionam de 8h30 até às 17 horas. Nelas, o trabalhador pode fazer a confecção de Carteira de Trabalho (CTPS) e entrada no Seguro-Desemprego (SD).

A Secretaria atende, ainda, em cinco unidades do Rio Poupa Tempo (sendo três no Rio de Janeiro, uma em São João de Meriti e outra em São Gonçalo). Estas já estão funcionando pelo SAA do MTPS com agendamento pela internet.

Emissão cai em fevereiroDe acordo com a Setrab RJ, em janeiro – quando ocorriam os testes para implantação do SAA – foram emitidas 10.279 Carteiras de Trabalho e Previdência Social (CTPS) nas unidades da Setrab (incluindo as do Rio Poupa Tempo – onde foram emitidas 4.

909 pelo SAA).
Em Fevereiro, já com 13 postos mais as 5 unidades do Rio Poupa Tempo integrados ao Sistema SAA, foram emitidas 8.

808 CTPS nos postos SINE, sendo 6.135 por Atendimento Agendado e as demais em pronto atendimento.

A Setrab informou ainda disponibiliza uma média de 750 vagas distribuídas por dia para todos os postos que fazem CTPS.Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o VC no G1 RJ ou por Whatsapp e Viber.

.

Fonte: G1