Em março, o volume do setor de serviços do país recuou 5,9% frente ao mesmo período do ano passado, segundo informou nesta quinta-feira (13) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse é o pior mês de março da série histórica do IBGE, que teve início em 2012.
No ano, o setor acumula queda de 5% e em 12 meses, de 4,4%.

Foram registradas variações negativas em serviços prestados às famílias (-3,8%); serviços de informação e comunicação (-5,9%); serviços profissionais, administrativos e complementares (-6,8%) e transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio (-7,2%). Na contramão, o segmento de outros serviços registrou crescimento de 2,6%.

“Por modalidade, os resultados de volume foram: transporte terrestre, com -10,1%, transporte aquaviário, com -2,4%, e transporte aéreo, com 1,4%. A atividade de armazenagem, serviços auxiliares dos transportes e correio apresentou decréscimo de 5,3%”, disse o IBGE, em nota.

TrimestreO setor de serviços acumulou queda de 5% no primeiro trimestre deste ano. As quedas mais relevantes partiram de serviços profissionais, administrativos e complementares (-6,7%); transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio (-5,2%) e serviços de informação e comunicação (-4,4%).

.

Fonte: G1