A Skol é a marca mais valiosa do Brasil pelo quarto ano seguido, mostra o ranking da BrandZ publicado pela Millward Brown Vermeer nesta segunda-feira (25). Avaliada em US$ 6,7 bilhões, a marca de cerveja continua bem à frente da segunda colocada, mesmo tendo perdido US$ 1,8 bilhão de seu valor em relação a 2015, quando era estimada em US$ 8,5 bilhões.
A Brahma, que pertence à Ab Inbev – mesmo grupo da Skol – aparece em segundo lugar na lista, avaliada em US$ 3,2 bilhões.

A marca de cerveja deu um salto em relação a 2015 para liderar com folga junto à Skol, deixando o quarto lugar na lista.
Em terceiro lugar, a Sadia é avaliada em US$ 2 bilhões.

Pertencente à BRF, ela saltou duas posições em relação ao ranking do ano passado. Em quarto lugar, aparece o Banco Bradesco, que caiu duas posições, com valor de US$ 1,9 bilhão, seguido do Itaú, avaliado em US$ 1,8 bilhão.

As marcas de cerveja Antarctica e Bohemia são a sexta e sétima colocadas da lista. Para completar as 10 mais valiosas, a fabricante de cosméticos Natura é a oitava colocada, seguida da Ipiranga (9º) e a marca de cartão de créditos Cielo (10º).

Petrobras aparece a 11ª posição.
O ranking considera o valor financeiro e de mercado das marcas.

O primeiro avalia o valor no mercado de capitais e o valor dos bens intangíveis da empresa. Na dimensão de mercado, leva-se em conta contribuição da marca para o resultado dos negócios.

O valor de marca é obtido ao multiplicar o valor dos intangíveis com a contribuição da marca.Veja abaixo o ranking das 10 marcas mais valiosas do país, segundo a BrandZ:Ranking das marcas mais valiosas do Brasil é liderado pela Skol (Foto: Reprodução/BrandZ)
.

Fonte: G1