Boa parte da história televisiva do autor Aguinaldo Silva foi consagrada no horário das 21h. Ele detém os recordes do horário em várias décadas, como a de 1980 com “Roque Santeiro”, a de 2000 com “Senhora do Destino” e também a de 2010 com “Fina Estampa”.
O autor, por conta dessa trajetória de sucesso, passou então a ser conhecido como “O Rei das 21h”, e também é conhecido por apenas fazer novelas nesse horário, diferente de outros autores renomados da Globo como Walcyr Carrasco, por exemplo.

Segundo o jornalista Ricardo Feltrin, essa “tradição” pode ser quebrada em breve na Globo. A próxima telenovela de Aguinaldo pode ser exibida na faixa das 18 ou das 19h.

A única dúvida é se o autor aceitaria tal mudança.

.

Fonte: TV Foco