Rodrigo Duterte foi eleito presidente das Filipinas (Foto: Erik de Castro/ Reuters)
O presidente eleito das Filipinas, Rodrigo Duterte, viajará ao Vaticano para pedir desculpas ao Papa Francisco pessoalmente, após ofender o pontífice, informou seu porta-voz nesta quinta-feira.
“O prefeito (Duterte) disse, em várias ocasiões, que gostaria de visitar o Vaticano, independentemente do resultado das eleições, não apenas para honrar o Papa, mas também para Rodrigo Dutertee pedir o seu perdão”, disse Peter Lavina.
Em um país no qual 80% dos habitantes são católicos fervorosos, Duterte se permitiu até mesmo ofender o Papa Francisco.

No discurso de lançamento da campanha no ano passado, chamou o pontífice de “filho da p..

.”, por ter provocado engarrafamentos durante uma visita ao país.

.

Fonte: G1