Trânsito em Nova York, nos Estados Unidos. (Foto: Seth Wenig/AP)
Um advogado-robô já conseguiu reverter 160 mil multas de trânsito em Nova York e Londres desde 2015, informou o site “Venture Beat” nesta terça-feira (28).
O “DoNotPay” é um “chatbot”, um robôs em forma de aplicativo de chat que usa inteligência artificial funciona para interagir com humanos.

Segundo seu criador, Joshua Browder, de 19 anos, o sistema já avaliou 250 mil multas desde que o sistema começou a funcionar em setembro na capital da Inglaterra. O que o “DoNotPay” faz é conversar com os motoristas a respeito dos tíquetes de infrações de trânsito.

A partir de informações dadas pelas pessoas, ele orientar sobre se a sinalização procede ou não e o que se deve fazer.
“Essas pessoas não procuram infringir a lei.

Eu acho que elas estão sendo explorados como uma fonte de receita pelo governo local”, afirmou Browder ao “Venture Beat”. O serviço deve chegar à cidade norte-americana de Seattle entre setembro e novembro.

Ele não diz se planeja traduzir o serviço para outros idiomas além do inglês.
O que ele está fazendo é trabalhar em três “chatbots”.

Um deles ajudará portadores de HIV a entender quais são seus direitos. Outro auxiliará passageiros de companhias aéreas cujo voo atrasou a serem recompensados.

E o terceiro mostrará a refugiados como conseguir asilo.
“Eu sinto como se houvesse uma mina de ouro de oportunidades porque muitos serviços e informações podem ser automatizados usando inteligência artificial, e ‘bots’ são um jeito perfeito de fazer isso, e é desapontador que, no momento, ele é usado principalmente em transações comerciais para pedir flores e pizza”, afirmou.

.

Fonte: G1 Tecnologia