O Google pode desenvolver seu próprio smartphone. De acordo com o site Information, a gigante de tecnologia estaria tendo sérias discussões sobre tal ideia.
É claro que ela não precisaria de nenhum grande salto para isso acontecer já que desenvolve seu próprio hardware com o Chromebook Pixel e o novo Pixel C tablet.

Vale ressaltar que no caso da linha Nexus, o Google se alia a outras fabricantes de hardware para fabricá-lo.
Recentemente, notícias de que o Google estaria pensando em desenvolver seu próprio processador móvel repercutiram na imprensa.

Segundo a reportagem, o conceito de criar seu próprio telefone vem muito de um debate interno ao invés de uma estratégia finalizada. Isso talvez se dê ao fato de que seguir por esse caminho poderia fragilizar as relações da companhia com seus parceiros em hardware.

Por exemplo, a Samsung poderia ver no Google um sério concorrente.
A história por trás da história
O Google não tem todo o controle como gostaria sobre o Android.

Mas você pode pensar que a questão é realmente esta, já que a companhia deseja que seu sistema operacional seja “aberto” para todo mundo.
No entanto, isso tem barrado a empresa em diferentes formas a medida que fabricantes estão livres para customizar o Android e substituir serviços Google, o que atinge seu fluxo de receitas.

Ao desenvolver um telefone próprio, o Google poderia ter maior controle sobre seu sistema e segurar a fragmentação do mesmo ou ainda pode ser uma estratégia da companhia em construir telefones de baixo custo para entregar o Android One ao mercado, onde tal programa tem sido bem menos sucedido do que de fato o Google esperava.

.

Fonte: Computer World