A Apple apresentou nesta segunda-feira (13) o iOS 10, nova versão do sistema operacional de iPhones, iPads e iPods touch, que pode chegar aos usuários a partir de setembro (Veja vídeo abaixo). A empresa também anunciou novidades para seu relógio inteligente e no sistema por trás dos Macs.iOS 10: notificaçõesUma das principais novidades é que o iOS 10 permitirá ver, responder e até acessar informações de notificações ainda na tela de bloqueio.

Com isso, será possível aceitar ou recusar um convite de compromisso ou mesmo ver aonde está um motorista do serviço de transporte alternativo Uber. Tudo isso sem destravar o aparelho ou ainda na área de avisos.

Essa função será combinada ao 3D Touch, em que é preciso pressionar a tela com força.iOS 10: SiriA assistente pessoal Siri vai ficar mais inteligente e interativa, já que a Apple vai liberar que desenvolvedores acrescentem melhorias a ela.

Fora isso, a Siri auxiliará em conversas. Durante um bate-papo, ela “entenderá” o que está sendo pedido em perguntas como “Onde está você?” e vai indicar o envio da localização exata no mapa, por exemplo.

A Siri vai ainda reconhecer qual o idioma de uma mensagem recebida para acionar automaticamente o corretor ortográfico correspondente. Isso é possível graças ao que especialistas chamam de “aprendizado de máquina” (“Deep Learning”).

iOS 10: iMessageA modificação mais divertida, no entanto, é a feita nas mensagens. Além de melhorar o sistema de previsão de palavras, a Apple adicionou ao iMessage uma forma de “prever” qual emoji o usuário poderia usar.

Vai considerar, para isso, as letras que ele começou a digitar. O iOS 10 também vai sugerir a conversão de palavras em emojis.

Dessa forma, um usuário que escrever “amor” receberá a sugestão de substituir a palavra pela imagem de um coração.
Outra alteração é a forma dos balões das conversas.

O usuário poderá escolher os tamanhos e efeitos das caixas de mensagens. Ao enviar imagens, ele também poderá selecionar efeitos aplicados a ela.

Também será possível enviar mensagens manuscritas.
O envio de links ficará mais inteligente, pois o app de bate-papo da Apple passará a rodar o conteúdo sem a necessidade de acessar outro programa.

Assim como a Siri, a Apple liberou o iMessage para que desenvolvedores criem novos aplicativos baseados nele. Será possível, por exemplo, enviar dinheiro por meio do chat, função do “Square”, ou pedir comida por ele, função do “DoorDash”.

iOS 10: fotos e mapaO aplicativo de fotos também ficou mais inteligente. Ele compilará imagens associadas a um evento, como uma viagem de férias ou um passeio, e montará vídeos com elas.

O aplicativo Mapas também foi renovado para listar estabelecimentos comerciais locais.iOS 10: Música e NewsEddy Cue, vice-presidente de Software e Serviços da Apple, apresenta o app Música do iOS 10.

(Foto: Andrew Burton/France Presse)
No iOS 10, a Apple redesenhou o Música, seu serviço de streaming musical, que ganhou uma aba de biblioteca para reunir álbuns, faixas e videoclipes. A companhia adicionou ainda o recurso “Lyrics”, que mostra a letra das músicas tocadas.

Segundo a empresa, em seu primeiro ano, o Música foi assinado por 15 milhões de pessoas.
A Apple adicionou ao News a possibilidade de os usuários assinarem qualquer publicação.

O app passará a enviar notificações todas as vezes que uma notícia urgente surgir.watchOS 3Kevin Lynch, vice-presidente de tecnologia da Apple, apresenta o novo watchOS 3.

(Foto: Andrew Burton/France Presse)
A Apple apresentou a terceira versão do sistema operacional para relógio inteligente, o watchOS 3. Ele mantém aplicativos na memória e atualiza as informações dos programas silenciosamente.

O aparelho também ganhou uma função que reconhece letras rabiscadas com o dedo em sua tela.
O relógio também recebeu um novo recurso, para acionar serviços de emergência.

Para enviar um pedido de SOS, basta apertar e segurar o botão lateral. Segundo a Apple, o serviço funcionará não só nos Estados Unidos, mas internacionalmente.

Os serviços de resgate receberão automaticamente a localização do usuário.
O watchOS 3 permitirá ainda enviar a contatos status de atividades, como passos percorridos, batimentos cardíacos, entre outros.

macOS SierraCraig Federighi, vice-presidente de Engenharia de Software, apresenta o novo macOS. (Foto: Andrew Burton/France Presse)
O OS X, nome do sistema operacional que roda nos computadores Macs, passará a se chamar macOS.

Na apresentação desta segunda, a Apple informou que o novo cérebro por trás de sua linha de computadores se chamará macOS Sierra, que terá um piloto liberado a desenvolvedores em julho.
Caso o usuário tenha um relógio inteligente da Apple, ele poderá desbloquear seu Mac aproximando os dois aparelhos.

Outra novidade é a possibilidade de compilar documentos ou páginas na internet de um modo que as ações feitas no iPhone serão refletidas no Mac. Dessa forma, uma página salva no smartphone será exibida automaticamente no computador por meio do iCloud Drive.

Siri e Apple Pay no MacOutras duas novidades são a chegada ao Mac da assistente digital Siri e do sistema de pagamento da empresa, o Apple Pay.
Até agora, o Apple Pay podia ser usado apenas para pagar por produtos no mundo real.

Agora, poderá ser usado também na internet. Ao efetuar uma compra, o sistema pedirá para a transação ser certificada, o que poderá ser feito inserindo a digital no iPhone, mesmo que a operação seja feita em um Mac.

Essa ferramenta será liberada nos Estados Unidos, Reino Unido e outros sete países.
Já a Siri poderá ser acionada a partir de um ícone incluído na barra de ferramentas.

Assim como em iPhones, iPads e iPods touch, a assistente poderá tocar músicas, fazer buscas na internet e acionar aplicativos.
.

Fonte: G1 Tecnologia