Caminhão que atropelou multidão na cidade de Nice, na França, e deixou dezenas de mortos (Foto: Valery Hache/AFP)
O Facebook ativou nesta quinta-feira (14) a “verificação de segurança” para os usuários de Nice, na França. Ao menos 73 pessoas morreram atropeladas na cidade durante uma queima de fogos em comemoração ao 14 de julho, Dia da Bastilha.
A função já foi usada em outros eventos recentes, como o ataque a uma boate gay em Orlando (EUA) que deixou 50 mortos e os atentados no aeroporto de Bruxelas, em março.

No Brasil, o recurso foi liberado pela primeira vez em março, quando fortes chuvas atingiram o interior e a região metropolitana de São Paulo.
Por meio da “verificação de segurança”, o Facebook envia uma mensagem a todos os usuários da região afetada pelo problema, de acordo com a localização delas, para que confirmem a todos os seus contatos na rede social que estão bem.

O incidenteA colisão aconteceu no Promenade des Anglais (Passeio dos Ingleses), uma avenida beira-mar, por volta das 22h30 (17h30, no horário de Brasília). De acordo com a BBC, o veículo teria percorrido 2 km entre a multidão.

O Ministério do Interior confirmou que o motorista foi morto. A agência AP, citando como fonte Christian Estrosi, diz que o caminhão estava cheio de armas e granadas.

O jornal “Nice Matin” diz que um de seus repórteres estava no local acompanhando a celebração e relatou que um grande grupo de pessoas começou a correr e o clima era de pânico, já que ninguém sabia se era um acidente ou se o motorista atingiu as pessoas deliberadamente.’Verificação de segurança’ do Facebook é ativada após atropelamento em Nice, na França (Foto: Reprodução/Facebook)
.

Fonte: G1 Tecnologia