O Google ultrapassou a Apple e reassumiu em 2016 a liderança do ranking BrandZ, desenvolvido pela consultoria de marketing e marca da WPP, a Millward Brown, que reúne as 100 marcas globais mais valiosas.
O valor da gigante de tecnologia cresceu 32% em um ano, atingindo US$ 229 bilhões, enquanto a Apple, vencedora no ano passado, caiu para a 2ª posição, com uma queda de 8% e US$ 228 bilhões.
Segundo o levantamento, “inovação contínua, aumento da receita de publicidade e o crescimento do negócios em nuvem ajudou ao Google” recuperar a primeira posição.

Facebook (5º lugar) e Amazon (7º lugar) aparecem pela 1ª vez no top 10 (Foto: Reprodução/WPP)
A Microsoft permanece em 3º lugar, avaliada em US$ 122 bilhões, seguida por AT&T.
Duas marcas ícones, Marlboro e Coca Cola deixaram o top 10 pela primeira vez desde 2006, desbancadas pelo Facebook (5º lugar) e Amazon (7º lugar), que fizeram sua estreia no clube das “10 mais”.

Clique aqui para ver a lista completaSetor de tecnologia domina listaUm terço do valor das marcas dentro do Top 100 vem de marcas de tecnologia, sendo que 46 entraram no ranking após a primeira depois de 2006.
Para Eduardo Tomiya, diretor-geral da Kantar Vermeer, “a importância de marcas de tecnologia é evidente, mas o sucesso futuro dependerá de sua capacidade de se encaixar no cotidiano dos consumidores.

O desafio é oferecer uma experiência real para seus clientes, seja através da construção de proximidade, onipresença e customização ou adquirindo um papel ativo nas categorias tradicionais”.A metodologia do ranking combina mensurações de marca baseadas em entrevistas com consumidores e empresas, e análise do desempenho financeiro.

Google supera Apple e volta ao topo do ranking de marcas mais valiosas (Foto: Divulgação)
.

Fonte: G1 Tecnologia