‘Overwatch’ ganha modo competitivo para computadores (Foto: Divulgação/Blizzard)
A Blizzard finalmente lançou nesta terça-feira (28) um modo competitivo para a versão de computadores de seu jogo mais recente, “Overwatch”, através de um patch. Versões para os consoles, Xbox One e Playstation 4, ainda não têm datas para lançamento, mas a desenvolvedora afirma que acontecerá “em breve”.
O modo competitivo, um desejo dos jogadores desde o lançamento oficial do game em 24 de maio, estará disponível para aqueles acima do level 25 e poderá ser acessado individualmente ou em grupo.

Cada jogador deverá passar por 10 partidas classificatórias, que determinarão o nível de suas habilidades entre um número de 1 a 100, no início de cada temporada, que durarão dois meses e meio.
Elas seguirão a duração e serão nomeadas de acordo com as estações no hemisfério norte.

A única exceção é a atual, a verão 2016, que terminará no dia 18 de agosto. Todas terão um período de intervalo de duas semanas.

De acordo com publicação da empresa no fórum oficial do jogo, mudanças ainda serão feitas ao sistema do competitivo, a partir dos comentários feitos pelos jogadores que já testaram o modo durante a fase beta fechada e outros que tiveram acesso desde o lançamento oficial.Com os pontos adquiridos nas temporadas, será possível comprar armas douradas para os heróis (Foto: Divulgação/Blizzard)Recompensas e puniçõesAlém de poder participar de um ranking com os 500 melhores de cada sistema ao longo das temporadas, os jogadores receberão um spray e um ícone especial da temporada.

Com as vitórias, também será possível acumular pontos, que podem ser trocados por versões douradas das armas no jogo.
Funcionando através de um sistema de pontuação que exige que as mesmas equipes participem de inúmeros rounds no mesmo mapa, o modo competitivo promete ser mais severo com aqueles que abandonarem a batalha antes do seu fim ou ficarem inativos.

Quanto maior o número de infrações, maior será a punição, que pode terminar em banimento do jogador da temporada.
.

Fonte: G1 Tecnologia