YouTuber Calum McSwiggan posta foto após suposta agressão nos EUA (Foto: Reprodução / Instagram)
O Youtuber norte-americano Calum McSwiggan foi acusado pela polícia de Los Angeles de bater em si mesmo com um telefone para forjar um caso de agressão. Na terça-feira (28), uma foto e um relato da suposta agressão causaram comoção no Instagram (veja acima).Mughot mostra Calum sem feridas aparentes apóssuposta agressão (Foto: Divulgação / Polícia deLos Angeles)
Calum, que faz vídeos sobre temas LGBT, diz que estava numa boate gay e foi agredido por três homens.

Ele afirma que teve três dentes quebrados e seis pontos na testa. O post teve mais de 5 mil curtidas e 1,5 mil comentários.

No entanto, a polícia disse ao site da revista “Variety” que ele havia sido detido por vandalismo, após quebrar um carro na saída da boate. Na “mugshot”, foto de registro da prisão, ele aparece sem feridas aparentes.

O representante da polícia de Los Angeles diz que ele foi visto por agentes “se agredindo com o gancho e o receptor de um telefone público” dentro da cadeia, e depois foi levado ao hospital.
Calum disse em seu perfil no Twitter: “Fui orientado a não dizer nada até comparecer à corte amanhã.

Mas ficar calado aqui está nos matando”.
Os vídeos de Calum McSwiggan somam mais de 5 milhões de visualizações no YouTube.

.

Fonte: G1 Tecnologia